Voltar

Massaru News

Publicado em 06/11/2018

Economizar, poupar e investir: como seguir os 3 passos para o sucesso


Fonte: blog.guiabolso A busca por estabilidade é uma constante para boa parte das pessoas, especialmente em um momento em que a severa crise econômica dá apenas alguns sinais de melhora. A grande questão é que poucas pessoas sabem como seguir o passo a passo para o sucesso financeiro: economizar, poupar e investir. Embora esses termos guardem similaridades importantes, eles também têm diferenças consideráveis, e cumprir cada uma dessas etapas do jeito certo pode ser imprescindível para que você tenha tranquilidade financeira. Quer aprender a fazer isso? Então confira este post: 1. Economizar O primeiro passo para o sucesso financeiro é, obviamente, economizar. Ninguém consegue juntar quantias consideráveis se não tiver um estilo de vida sóbrio. Para conseguir isso, procure sempre adotar atitudes que evitem o desperdício, gastando os recursos com moderação e de uma forma mais inteligente e estratégica. Uma informação essencial é conhecer ao certo quanto entra e quanto sai na sua conta todos os meses. Muita gente acha que tem esse conhecimento, mas o fato é que isso é muito raro. Para ver seus recebimentos reais, por exemplo, é preciso subtrair todos aqueles gastos fixos, ou seja, as contas que você não pode deixar de pagar. Entram nessa equação: a escola das crianças; a parcela do seu carro; a prestação do financiamento ou o aluguel do seu imóvel; o plano de saúde da família; o seguro de vida; os impostos; e outras despesas que não podem ser mudadas. Chegando a um número correto, você já pode diminuir esse capital do seu salário, pois você nunca realmente terá acesso a ele. Depois, é hora de fazer os cortes. As contas de luz, água, gás e telefone podem ser diminuídas por meio de ações como a conscientização dos seus filhos ou outras pessoas que morem com você, a utilização de materiais mais baratos (como lâmpadas de LED) e uma mudança para planos ou operadoras de telefonia mais baratas. 2. Poupar O passo seguinte, depois de economizar, é poupar. Isso significa montar, de fato, uma reserva financeira, acessível para momentos de emergência, como em caso de desemprego. E como fazer isso? Após reduzir consideravelmente as suas despesas, é hora de juntar esse dinheiro. Uma boa ideia para isso é estipular um mínimo para juntar todos os meses e então administrar o orçamento para sempre cumprir esse objetivo. Qualquer eventual extravagância precisa ser pensada com calma e planejada. Se possível, tente ganhar um extra. Dar aulas particulares sobre uma disciplina que tenha a ver com a sua graduação ou vender alguma coisa que você possa produzir — como doces ou artesanato — podem ser boas alternativas. 3. Investir Agora, a última das etapas de economizar, poupar e investir. Não basta ir juntando dinheiro indefinidamente, pois você levaria muito tempo para chegar até a quantia necessária para ter o sucesso financeiro que você deseja. É imprescindível, portanto, conhecer quais são as aplicações que você pode utilizar para lucrar mais. Empregue o seu dinheiro para que ele trabalhe e renda para você. A poupança, por exemplo, é bem segura, mas tem um rendimento muito baixo no final do mês. Busque outras alternativas melhores, como os fundos de renda fixa e o Tesouro Direto.